Growth Hacker em Marketing: Como construir algo que as pessoas querem

Como você acha que  sua empresas, produtos, serviços e suas ideias funcionaram até hoje? Bem, se você está incerto. Aqui vou propor novos caminhos, estratégias e sentimentos.

 

Growth Hacker em Marketing: Como construir algo que as pessoas querem e necessitam para ontem.

 

Growth Marketing

Ao contrário da maioria das pessoas, eu queria e quero cada vez mais escrever alguma coisa e depois de lê-la ficar com muita vontade, fome de novidades e de mudar minhas ideias, pensamentos. Na verdade, eu estava tão convencido da ideia de fazer meu PR, Marketing que que eu fui em frente e fiz meu próprio Growth.

 

Sabendo sobre as coisas boas que pessoas, empreendedores e startups precisam, como uma boa promo, imagem, fortalecimento – assim eu comecei a trabalhar. E fui criando identidade nas redes sociais, relacionamentos estratégicos, um network de empoderamento.

 

O que eu não sabia na época, há mais de 6 anos atrás, que isso tudo é um suposto momento de transição. Claro que minhas primeiras e poucas tentativas não bombaram, mas isto me fez insistir e ir em frente. Afinal, é um novo mundo, descobertas, possibilidades e tentativas. No meu desejo que eu teria feito as coisas de forma diferente é a forma como eu continuei depois.

 

O Marketing mudou

 

Vou lhe contar um segredo do Hotmail. Depois de muita resistência do seu fundador, uma sugestão do investidor Tim Draper para incluir ‘PS: Eu te amo. Obtenha seu e-mail gratuito no Hotmail’ na parte inferior de cada mensagem enviada gratuitamente através do serviço foi implementado. O crescimento exponencial se seguiu. Seis meses depois? Um milhão de usuários. Cinco semanas mais? Outros milhões. Em 1997, o serviço foi vendido para a Microsoft por US $ 400 milhões – com dez milhões de usuários.

Crescimento Resumo Hacker de Marketing
Hotmail em Growth Hacker

Fonte )

 

A ideia é tão simples como ela é muito brilhante: para cada mercado de usuários para usuários em potenciais, você pode e deve ganhar proporções enormes, simplesmente mostrando-lhes o produto em si com um Q de humanização e inovação.

 

Ouvi esta bela definição de Growth Hacker:

… alguém que tenha jogado fora toda cartilha do marketing tradicional e substituiu-a com apenas o que é testável, rastreável e escalável. 

 

Minhas ferramentas são e-mails, pay-per-click de anúncios, blogs e APIs de plataforma em vez de comerciais, publicidade e dinheiro em outras infinitas “soluções”. Enquanto outros profissionais de marketing perseguem as noções vagas como ‘marca’ e ‘mind share’, os growth hackers implacavelmente apresentam soluções a favor dos usuários e do seu crescimento – e quando fazê-lo direito, esses usuários irão gerar mais usuários, que geram mais usuários.

 

A resposta que um growth hacker  fornece a uma empresa é uma ação diferente a cada vez, mas sempre responde a mesma pergunta:

Como você recebe, mantem e multiplica a atenção de uma forma escalável e eficiente?


“Considerando que a comercialização já foi baseada em marca, com o crescimento da pirataria torna-se métricas e ROI conduzidos.” ~ Ryan Holiday, Growth Hacker de Marketing

 

Para ter algo que você possa evoluir para um produto de milhões de usuários, primeiro você precisa ter algo que é interessante em tudo.


“Você sabe o que a única pior decisão de marketing que você pode fazer é? Começando com um produto que ninguém quer ou ninguém precisa.”~ Ryan Holiday, Growth Hacker de Marketing.

 

Esta é um pouco da minha história, um case o qual com certeza eu posso lhe mostrar com mais detalhes e lhe ajudar em suas dúvidas, decisões e no aumento do seu mercado – leads.

 

Growth-se ;0)

Este trabalho só é possível, pois você existe ;0) #growthhacker