Growth Hacking: o bom, o mau e os potenciais riscos

Quatro dicas importantes para considerar, antes de tentar pegar um atalho pelo Growth Hacking.

Growth Hacking é o processo de experimentação rápido em todos os canais de marketing e desenvolvimento de produtos – para identificar as formas mais eficazes e eficientes para crescer um negócio.

Com o trabalho e insights de um growth (através de todas as tendências de marketing), há o bom e também o lado ruim – o qual todos escondem, menos EU.

Há muito barulho em torno do growth hacking, por isso vamos começar por separar o bom do ruim.

Confesso que conheço especialistas da área fazendo um excelente trabalho de growth hacking pelo mundo, com incríveis táticas de marketing escalável. Os peritos da indústria como Sean Ellis tem uma profundidade de experiência e conhecimento que poucos growth hackers ousam ter na área e eu cada vez mais ouso, pois este é o diferencial e a essência de um GROWTH.

Infelizmente, para cada growth hacker legítimo, há três pessoas mascaradas como especialistas.

A pirataria nesta área promete muitas vezes processos que são uma verdadeira fraude para o dimensionamento, um trabalho em código que é perigoso, colocando a sua empresa noum jogo arriscado. Se você é uma startup, a promessa de ganhos rápidos e resultados imediatos parece incrível, mas cuidado, pense, pesquise e fique com pé atrás.

agência growth hacker
Sendo um ótimo Growth Hacker me fez pensar o ponto o qual cheguei como profissional da área.

Top 4 dicas do Growth Hacking

1. Growth Hackers são contribuintes individuais, e não os jogadores de equipe.

O profissional growth hacker, na maioria das vezes atrai pessoas que gostam de ser contribuintes individuais e não são como os jogadores da equipe. Em vez disso, eles aprendem habilidades que eles podem executar por conta própria, falo isto por experiência própria e assertiva. Isso se traduz em projetos pioneiros com pouca consideração ou tempo de aprendizado para outras unidades de negócio dentro da organização. Por exemplo: “Nós vamos lançar este programa. Vai gerar 10.000 novos seguidores.”Isso é ótimo. Você já falou com o time de operações para certificar-se de sua empresa pode lidar com 10.000 novos seguidores? Na maioria das vezes, a resposta é não. Os growth hackers preferem táticas mais chamativas, e isso não é comum e nem uma forma trabalhada em outras equipes e nem como elas são construídas.

2. As táticas de medição de um growth hacker são as saídas não os resultados.

Cuidado com os artigos que afirmam:

  • “A maneira rápida e fácil de aumentar a sua mídia social seguido de XX%”
  • “Como aumentar em 100X seu algo em dois meses.”

A maioria do growth hackers têm táticas de medida pelas saídas ao invés de resultados. Digamos que você vai executar uma campanha para ganhar inscrições através de um teste gratuito para o seu produto SaaS. O que você vai fazer com 100 novas inscrições teste gratuito? Como muitos daqueles 100 tornam-se clientes pagantes? Como esses cadastros gratuitos irão gerar receita?

Os objetivos do marketing devem sempre se alinhar com as metas de receita. O growth hacker raramente considera as saídas como termos de geração de receita para sua empresa no longo prazo.

3. Growth Hacker tende a exigir ferramentas secretas.

Os growth hackers muitas vezes dependem de ferramentas secretas que são potenciais riscos de segurança e privacidade. Desconfie de ferramentas gratuitas que exigem apenas seu nome de usuário ou autorização com seu token Twitter. Se você não está pagando para o produto, então você é o produto, e o custo de usar o “livre” ferramenta são os seu dados.

Além disso, Facebook e Google são mais espertos do que você. Como a maioria dos growth hackers são, essencialmente, exploits, é apenas uma questão de tempo antes que a plataforma que você está explorando lhe corta para fora. Seja qual for a vulnerabilidade a ferramenta será descoberta através do Twitter, Facebook ou Google e tudo será corrigido em questão de minutos ou dias.

4. Growth Hacker que promete vitórias rápidas.

Os growth hackers são atraentes para os fundadores, porque eles não requerem planejamento de longo prazo, fato. Claro, é muito tentador adiar a criação de um plano de marketing e de orçamento e, em vez disso fazer o upload de seus seguidores no Twitter em uma ferramenta esboçado para gerar 100 novos leads. No entanto, este é um profissional intelectualmente preguiçoso e não conseguirá definir a sua empresa para um crescimento sustentável.

O verdadeiro papel do Growth Marketing

O marketing deve ser expert para a geração de leads de alta qualidade ou ajudar nas vendas para fechar negócios mais rapidamente. Se seus objetivos de marketing não estão vinculados a metas de vendas, você está fazendo errado.
Todos os esforços em sua organização deve de alguma forma contribuir para gerar verdadeiro crescimento e valor. 
Como fundadores e funcionários em início de carreira, seu recurso mais finito é o tempo. Cada corte de um crescimento individual leva tempo, espaço de pensamento e atenção. Isso é um custo enorme para qualquer startup em estágio inicial.

Aí vem a dúvida, puts Neto, preciso desconfiar até de você, sim. Pois a confiança só vem com minha atitudes perante os seus desafios e sonhos, e acreditem, esta capacidade de fazer seus sonhos tangíveis, inovação, criar network, é algo que eu confio até de olhos fechados.

Espero ter conseguido fazer você pensar, repensar sobre tudo que já leu e lhe prometeram, promessas não pagam salários e nem geram ROI. Mas um trabalho sério, inovador e criativo, isto gera cases que UAU ;0)

Muita Paz e vamos ao Growth ;0)

Growth-se ;0)

Este trabalho só é possível, pois você existe ;0) #growthhacker