Growth – a sua marca é um processo e não um destino

Não se apresente em direção a algo que você não conheça.

 

Olhe para longe, mas não pise na embreagem até que não esteja pronto.
Encontrar o seu momento “groove” leva tempo e esforço. Assim como o namoro e depois o casamento.

Growth – a sua marca é um processo e não um destino aborda bem a necessidade de pensar num processo mais inquieto, que envolva detalhes e não apenas momentos.

Vamos para a história, então você está em um relacionamento e você finalmente alcançou o cenário que você estava sonhando, mas quando as coisas estão ótimas – ele começa a se tornar rotineiro, você esqueceu o que foi necessário para chegar a esse estágio, você deixa de ser fofo e se torna irritado por cada coisa que vai mal.

Acredite, os seus clientes não são diferentes.

Se você parar de ser consistente e não fornecer nenhum valor para suas vidas, eles vão sair à procura de alguém que fará isto. Seu trabalho é mantê-los satisfeitos e ser intuitivo com suas necessidades / desejos e mais desejos. Você precisa perguntar-lhes o que eles estão fazendo e se você está cumprindo suas necessidades.

Você precisa ser um bom amigo e sair com eles. Isso inclui ir aos lugares onde eles gostam de sair e às vezes dar-lhes presentes em ocasiões especiais. Lembrando dos aniversários e se for preciso até a primeira vez que você o conheceu.

Os consumidores têm relações com marcas e intensificam isto muito pelas redes sociais. Hoje em dia isto é tão mais pessoal do que alguns estão dispostos a admitir. O famoso “Está tudo bem?” tornou-se subjetivo para as pessoas, elas querem mais identidade, aprofundamento da relação. Mas aí vem a dúvida, o que isto tem relacionado ao Growth Hacking… Tudo, pois growth é entender comportamento, sentir o quente e o frio das pessoas, é o novo H2H, a verdade é muito maior que apenas estar no digital.

Nas minhas experiências com construções de marcas e trabalhar com os consumidores, algo que amo muito e cada vez acho mais fascinante, posso ver quando as marcas podem ir muito longe: participando de eventos, terem parceiros que as vêem como algo único e cheio de ganhos esta correlação para associação.

Uma das reações populares mais fortes nesses tempos é reduzir os pensamentos dos clientes de: “Oh, eles estão apenas fazendo isso por dinheiro!” E quem quer dizer que não são ou são assim? Às vezes, é uma necessidade inevitável e outras vezes pode ser um estiramento pensar assim devido à tantos erros que marcas cometeram e ainda andam cometendo nesta de fazerem tudo por um lead.

Mas muitas vezes, vejo uma relação mútua e benéfica saudável entre grandes marcas e consumidores. Ainda é raro, mas as coisas estão melhorando para as experiências de marca desde que comecei há 10 anos.

A ênfase em eventos e experiências pessoais tem sido emocionante, mesmo que ainda um pouco tímidas. Agora, mais do que nunca, você tem acesso constante ao entretenimento e eventos de vídeo ao vivo em uma variedade de categorias.

Isto é sobre o que você quer e como você é. A competição é feroz, mas é aí que você pode se perder na mistura.

Concentrar-se apenas na competição (falando apenas do alcançar o ajuste do mercado do produto) é uma armadilha. Olhando para o que “todos os outros” estão fazendo e seguir a liderança é a maneira mais rápida de ficar na sombra. #ficaadica #anoteisto

Encontrar seu próprio groove é essencial para o growth de uma marca forte.

Aqui estão alguns exemplos de usar da sua concorrência para crescer:

  1. Confira de onde vem o tráfego do site. Sim, confira tudo. Eu o desafio. Use esses dados para se beneficiar desse tráfego também. É sobre pesquisa, muitos dados, inscrição para testes gratuitos e, em seguida, faça a  segmentação;
  2. Configure arquivos para segmentar seus seguidores ou suas hashtags;
  3. Olhe para seus brandlovers e até mesmo influenciadores nas mídias sociais e comece a sair com eles – convide-os a sair com você;
  4. Participe de seus eventos / podcasts / tweet
  5. Usando seus próprios dados que você encontrou – verifique o alvo demográfico que o difere;
  6. Crescer a sua presença , faça uma comunidade da sua marca.

Uma frase para você pensar:
O que você quer dizer para o seu cliente que você o perdeu por n motivos?

Algumas estratégias de crescimento são mais favoráveis ​​do que outras, por isto o teste A|B sempre. #maisumadica

Quero compartilhar algumas etapas para o meu processo growth hacking:

  • Conheço tudo o que posso sobre um mercado antes de fazer a estratégia growth;
  • Certifico de ter interesse na sua marca ou produto e ele se encaixa na minha própria moral; #fato
  • Olho para o meu cenário competitivo para se certificar de que existe um ajuste no mercado do produto;
  • Se as marcas não determinaram o seu “lugar” no mercado, eu olho para as oportunidades que elas podem aproveitar para chegar a esse mercado de forma acelerada;
  • Posso até começar com um simples “SWOT”;
  • Eu gosto de me concentrar em oportunidades quando experimento. Você pode fazer isto em diversos como o de Growthhackers.com.

    Aqui está outro exercício para entender seu mercado-alvo em um escopo mais amplo.

Espero que você tenha aproveitado! Sinta-se à vontade para soltar um comentário ou doar o seu “coração”;)

Growth-se ;0)

Este trabalho só é possível, pois você existe ;0) #growthhacker