Steve Jobs e o Smartphone mudaram o Mercado de Luxo

Steve Jobs e o Smartphone mudaram o Mercado de Luxo e proporcionaram a inovação e rupturas para o Marketing de Luxo.

 

Se você está lendo este e-mail em seu smartphone, especialmente em um final de semana como este, você faz parte do milagre do marketing que Steve Jobs nos trouxe há 10 anos com o iPhone.

 

Enquanto o Jobs tornou os smartphones onipresentes, literalmente trazendo a Internet na palma das mãos, ele talvez não tenha entendido que os dispositivos também seriam vistos como a inovação mais importante, quando se trata de vender pelo digital para o mercado de luxo também, mesmo que muitos vendedores não aceitem esta ideia, mesmo que marcas não aderiram ainda, esta realidade é potencial demais para ser ignorada.

Marketing de Luxo
Marketing de Luxo

O marketing para o luxo sempre foi sobre o acesso e muitas vezes o excesso, e se esforçou muito para entrar na mesma órbita que os seus consumidores, no melhor entendimento, os super ricos.

Como conseguir que a sua marca dentro da corda deste veludo idealizado de luxo consiga adaptar-se à era digital, ou às palmas das mãos? É uma questão que todas as marcas de luxo pensam. Durante eventos como Art Basel, as marcas de luxo investem grandes budgets na esperança de atrair os muito ricos entre as multidões que só querem colocar suas imagens dos smartphones nas suas redes sociais e beber champanhe grátis.

mercado de luxo
3 eficazes dicas de Marketing de Conteúdo para Startups

Nas artes – seja ópera, museu, festas de gala ou o balé foram sempre os lugares para se chegare ao Super Rico. Mas hoje somos mais propensos a encontrá-los em qualquer lugar. As paixões e os interesses dos Super Ricos nunca foram tão diversos como são atualmente. O que significa que é mais difícil para o marketing, do que era antigamente, já que exigem mais ferramentas, habilidades, aumento de comunicação.

As pesquisas continuam mostrando que o mais rico ainda leem revistas, e as marcas de luxo sempre utilizaram revistas como forma de alcançarem os Super Ricos. Ainda assim, muitas editoras de revistas estão tentando financiar suas idéias para entrarem no Mundo do Facebook o qual destruiu suas publicações impressas.

Todos nós já sabemos que a web está sendo conduzida pelo marketing de conteúdo, no entanto, para atrair o Super Rico, fazê-los chegarem ao seu site é difícil, e como é. Eles são pressionados pelo tempo e, na maioria das vezes, eles estão gastando o seu preciosíssimo tempo em seu smartphone ou laptop, estão enviando ou vendo e-mails, mensagens de texto e outras tarefas relacionadas ao trabalho, amigos ou familiares, e não apenas sites de luxo de cruzeiro, fica a dica.
[enjoyinstagram_mb_grid]

Então, como alguns vendedores de luxo usam smartphones para vender ao Super Rico?

Os agentes de viagens inteligentes têm seus clientes  seguindo-os em suas páginas pessoais do Instagram e do Facebook. Quando eles viajam para hotéis e resorts de luxo, eles postam fotos e muitas vezes recebem mensagens instantâneas de clientes fiéis pedindo-lhes para reservar suítes e moradias que podem chegar a US $ 10.000 a noite ou mais.

Podemos pensar em atitudes digitais assim para jóias que têm relações pessoais profundas, imagens de texto de um relógio ou pulseira que saibam que um cliente específico gostaria, particularmente antes de um aniversário ou outro marco.

 

Eles também publicam imagens quando comparecem a shows em Las Vegas ou Basileia. Embora não seja provável que um indivíduo super rico siga a marca X, é muito provável que eles seja amigos virtuais do seu vendedor favorito com quem eles tenham um relacionamento pessoal.

 

Depois disto tudo fica ainda a dúvida como não perder este cliente, esta persona a qual tem o Mundo em suas mãos e cestão cada vez mais exigentes. Não existe dúvidas aqui e sim muito trabalho para fazer. E nisto temos as soluções!

Growth-se ;0)

Este trabalho só é possível, pois você existe ;0) #growthhacker