fbpx
São Paulo, SP Rua Santa Isabel 72
11-984595896
neto@netoangel.com

3 exemplos de marketing de conteúdo B2B que realmente funcionam

Consultoria e Especialista em Growth Hacking. Com soluções e Big Growth em resultados para Startups, PME e Empresas.

3 exemplos de marketing de conteúdo B2B que realmente funcionam

Marketing Significativo
Growth-se ;0)

Como você sabe se um conteúdo “funciona”?

O primeiro passo é definir o que você entende por “obras”. Isso é determinado pelas metas e objetivos que você deseja atingir. O objetivo da sua estratégia de marketing de conteúdo B2B é atrair tráfego de alta qualidade para o seu site, cultivar clientes potenciais existentes até a venda final, reter seus clientes existentes, gerar leads qualificados ou aumentar a receita de seus relacionamentos com clientes existentes.?

Para os propósitos deste blog, veremos exemplos de marketing de conteúdo que fazem um ou ambos dos seguintes:

  • Atraia tráfego de alta qualidade para um site B2B;
  • Gere leads de qualidade a partir de um público-alvo.

Abaixo estão exemplos de marketing de conteúdo que realizam um ou ambos os objetivos listados acima, junto com uma explicação de por que eles funcionam.

Guias Introdutórios para Perspectivas

  • Você sabia que 67% da jornada do comprador B2B é digital e que 57% dos compradores já tomaram sua decisão antes de falar com um vendedor? (Fonte: iScribblers )
  • Essas duas estatísticas fornecem informações sobre por que estamos vendo o sucesso com conteúdo B2B. Ambas as peças de marketing de conteúdo B2B visam as perspectivas nos estágios iniciais de sua jornada e têm como objetivo guiá-las pelo processo de compra.

Uma perspectiva que começa no processo de procurar um parceiro ou produto B2B precisa saber o que deve procurar e o que focar. Esses guias são uma maneira discreta de guiar o cliente em potencial sem que se sintam pressionados por um vendedor, especialmente por produtos e serviços com preços mais altos.

Estudos de caso que demonstram resultados

Os estudos de caso para compradores B2B podem ser não especificados ou fechados. Se eles não estiverem atualizados, o foco principal será atrair prospectos para o site. Se eles são fechados, o foco está na geração de leads a partir de um estudo de caso. Seja qual for o objetivo que você está tentando alcançar, um estudo de caso só funciona se você fornecer dados reais e acionáveis. Idealmente, o nome do cliente é incluído (embora nem sempre isso seja possível), o problema ou problemas a serem resolvidos é claramente definido e os resultados da solução desse problema são incluídos (pontos extras para incluir métricas na geração de receita ou redução de custos) .

Artigos de liderança de pensamento que fornecem informações úteis

Artigos de liderança de pensamento estratégico têm valor significativo, mas é importante dar conhecimento para atrair e converter seu mercado-alvo. Parte dessa abordagem de “doar” significa compartilhar ideias acionáveis ​​em artigos. Sim, alguns leitores podem ter suas ideias e nunca entrar em contato, mas as melhores perspectivas em seu mercado-alvo lerão seus insights, os usarão, considerarão o especialista e entrarão em contato quando precisarem de seus produtos e serviços.

Os artigos com insights acionáveis ​​podem ser novamente bloqueados na mente do cliente (por meio de uma assinatura gratuita), publicados em sites de terceiros ou simplesmente compartilhados em seu próprio site B2B. Você não precisa distribuir tudo, mas compartilhar pelo menos 2 a 3 dicas implementáveis ​​em seu artigo para fornecer valor e estabelecer sua autoridade como um recurso.

Takeaways para peças de marketing de conteúdo B2B que funcionam

Nem todo conteúdo criado por você funcionará, no entanto, existem algumas práticas recomendadas a seguir para se preparar para o sucesso:

  • Defina metas e objetivos específicos – defina-os com clareza e anote-os para que você possa consultá-los e analisar os dados contra eles.
  • Seja realista com suas expectativas – Se você nunca viu 50 downloads por mês para um guia, não espere fazer isso com um novo guia.
  • Conhecer o seu público – Quer ter a certeza do que os seus potenciais clientes ou potenciais clientes estão interessados? Pergunte a eles ou à sua equipe de vendas quais perguntas comuns eles ouvem. Outra ótima abordagem é voltar ao básico e abordar um ponto de dor clara para seus clientes.
  • Crie conteúdo para todas as etapas do processo de compra – não se concentre apenas no meio da jornada ou no final da jornada. Lembre-se de que você terá mais sucesso convertendo um possível cliente em cliente, se estiver “lá” para ele no estágio inicial do processo de compra.
  • Acompanhe seu conteúdo – Certifique-se de acompanhar todo o seu conteúdo, seja no Google Analytics, no HubSpot, no Marketo, no MailChimp, no WordPress, no Salesforce etc.
  • Avaliar resultados – avaliar periodicamente o que está funcionando e o que não está funcionando. Inclua evidências anedóticas em que um cliente ou cliente em potencial referencia uma parte do conteúdo ou uma postagem no blog.

Espero que tenha gostado. Pois o mercado B2B é super exigente, e é por isso que estamos aqui, pois o exigente nos intriga e nos fascina. Podemos lhe ajudar em muito mais, aceita esse desafio?

Growth Hacker e Marketing por você ;0) #growthhacker

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Social Media Icons Powered by Acurax Web Design Company
Visit Us On FacebookVisit Us On TwitterVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram