Growth-se ;0)

Você está arriscando o rebaixamento?

Como consumidor, você já clicou na página 2 da sua pesquisa do Google? Ou chegou a ir para a página 3? É muito raro você continuar procurando a melhor opção após a página 1. Então, por que correr o risco de ser relegado à página 27?

Abaixo estão 5 etapas fáceis para garantir que você fique no topo da concorrência!

O que é SEO ruim?

Se você está ansioso para estar na página 1, as chances são que você sabe que você pode otimizar seu site para aparecer como um resultado da página 1. Mas você sabe que existem regras para ordenar e justiça on-line? O termo “SEO ruim” deriva de práticas antiéticas, antiquadas e anti-Google para webmasters. SEO é sobre otimização, mas o abuso dessas práticas pode fornecer o efeito oposto.

1. Links de baixa qualidade

Relembrando a técnica passada de ‘troca de links’ (você me liga e eu ligarei-me a você), isso foi eliminado porque colocou sites de baixa qualidade acima dos sites relevantes que não se envolvem nessas práticas. Excessivos e irrelevantes ;(

Os links de entrada e saída podem prejudicar sua credibilidade do Google. Sites com muitos links de saída podem ser considerados farms de links ou diretórios pagos, e sites com muitos links de entrada parecerão pagar para que seu nome seja divulgado sem nenhuma consideração do consumidor.

Essa é uma prática ruim porque o melhor conteúdo foi relegado a páginas anteriores porque o site não era mencionado o suficiente online. Isso também é muito ruim para o Google, pois sua confiabilidade foi colocada em risco pelos sites que exploravam este site.

algoritmo Penguin foi desenvolvido para punir aqueles que abusam dessa técnica e recompensar os sites que seguem as regras com seu conteúdo “bom”. Se você gostaria de permanecer nos bons livros do Google, não pode ter links excessivos e irrelevantes na sua página.

Primeiro, SEMPRE certifique-se de que, se estiver ligando a qualquer local, é um site relevante para o seu site. Se você tiver links para ter links, isso será uma bandeira vermelha. Segundo, se você conseguir sites de alta qualidade para expor e reconhecer seu site por meio de um link, essa é uma boa técnica de SEO.

2. Não tenha o link ‘ausente’

Um link quebrado é um link que não conecta o clicker a nada. Com a internet sempre mudando, atualizando e movendo links pode desconectar e ocupar espaço desperdiçado. Seja acidental ou não, o Google rebaixa sites com muitos links quebrados em suas páginas. Ter muitos links quebrados mostra ao Google que você não fez a devida diligência para oferecer apenas o melhor para possíveis consumidores. Por qualquer que seja a razão pela qual o link se rompe, é uma boa prática auditar constantemente o seu site para manter todos os seus links atualizados e evitar a política de links quebrados do Google.

3. Verifique suas tags ‘index’

Ter uma tag ‘no index’ em suas páginas da Web instruirá o Google a não olhar para as suas páginas. Se o Google está ignorando suas páginas, como elas devem classificar seu site em uma pesquisa? Existem alguns casos em que esta técnica é importante para proteger você de ser relegado por ter muitas informações inúteis. Eu incentivaria a consulta com um especialista em SEO, no caso EU, para descobrir quando e onde a técnica de “não indexação” deveria ser implementada. (Veja aqui para verificar o seu) ;0)

4. Mais rápido é melhor

O Google sinalizará uma velocidade de carregamento lenta. Seu site deve ser carregado em menos de cinco segundos e deve estar disponível o tempo todo. A melhor maneira de evitar uma velocidade de carregamento lenta é ter um host bom e confiável. Certifique-se de que seu host possa lidar com o tráfego que você deseja ter em seu site. Melhor investir logo no início que seja relegado porque você não estava preparado.

5. Palavras-chave não são como a beleza da Turquia

Não encha suas postagens e site com as mesmas palavras repetidas vezes. A técnica de adicionar suas palavras-chave independentemente do contexto, gramática ou relevância e apenas para que você possa aparecer no topo se tornou uma bandeira vermelha.

Essa técnica obsoleta coloca sites de baixa qualidade com muitas palavras em cima das páginas de pesquisa, o que prejudica a reputação do Google e afeta as empresas com sites de alta qualidade que não participam dessas práticas. Hoje em dia, essa prática desencorajará os visitantes e sinalizará os mecanismos de busca dessa tática manipuladora.

O uso de palavras-chave em lugares relevantes como; títulos, descrições e parágrafos introdutórios são suficientes. Seu leitor deve ser capaz de fluir através das palavras-chave e não se distrair com elas. Use-as naturalmente e com clareza e você não deve ser enganado pelo Google.

Comentários finais sobre o rebaixamento

Essas dicas foram formuladas para ajudar você a evitar ser punido pelo Google por fornecer conteúdo inadequado. A melhor maneira de garantir que você seja otimizado e compatível com o Google é auditar regularmente seu site e corrigir uma preocupação assim que a encontrar. Mas fica a dúvida, você depois de ver isso tudo, tem o profissional adequado? Ou se tem, o que ocorre que tudo isso acontece? Vamos resolver isso já? Conte sempre comigo!

Este trabalho só é possível, pois você existe ;0) #growthhacker

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.