8 dicas que podem ajudar você a criar um Growth viral para o seu negócio

Growth-se ;0)

O growth viral tornou-se uma espécie de santo graal para os negócios online. Empreendedores perdem o sono tentando fazer acrobacias de relações públicas, vídeos relacionados e outras estratégias apenas para que seu produto possa se “tornar viral”. E você pode culpá-los?Não e nem deve 😉

Quem pode recusar o fascínio de uma base de usuários crescente e toneladas de novidades positivas? É precisamente isso que trata o growth viral – atraindo muitos usuários em pouco tempo, sem custo, e gerando mídia para alimentar o loop viral.

Não confunda o growth viral com uma coincidência feliz e aleatória. Esta é uma estratégia altamente calculada em que os produtos são projetados com a intenção de promover o growth viral desde o início. Uma empresa atingirá o growth viral apenas se encontrar o conjunto certo de ganchos integrados à experiência do usuário, combinar a mecânica viral com uma proposição de valor e um caso de uso que impulsione o ciclo de referência.

Acha que pode fazer tudo isso sozinho? Bem, confira algumas dicas úteis que transformam o growth viral de um sonho real para um objetivo mais realista:

Calcule o growth viral

Tenha em mente que o growth viral não acontece durante a noite. Entenda a diferença entre o boca a boca e o growth viral. O último é mais voltado para o produto, projetado usando várias otimizações, envolvendo um insight sólido sobre o comportamento humano, uma perspectiva de growth hacker e um design de produto eficaz.

Calcule o growth viral, familiarizando-se com os cinco principais impulsionadores:

  1. Convide cálculos : pesquise por pontos de oportunidade para levar os usuários a convidarem seus amigos. Pense no programa de referência da OnePlus que concede aos usuários pontos e vales-acessórios;
  2. Cálculos da taxa de conversão : determine o que é necessário para novos usuários converterem, seja páginas de destino aprimoradas ou um incentivo. Um estudo do WordStream descobriu que a taxa de conversão média em diferentes setores é de 2,70% nas redes de pesquisa.
  3. Cálculos do tempo do ciclo viral : pense nisso como o tempo necessário para transformar um encaminhamento em um cliente. Diminua o atrito para que mais usuários se inscrevam no seu negócio. Encontre maneiras de garantir um momento de uau e superar a hesitação dos consumidores para compartilhar e alimentar o ciclo viral.
  4. Cálculos de churn : a taxa de churn de uma empresa é a porcentagem de usuários que descontinuam sua associação em um determinado período de tempo. Concentre-se na rotatividade inicial em vez de na rotatividade de retenção, pois a maioria dos produtos perde 65% no primeiro mês.
  5. Cálculos de tamanho de mercado : expanda o possível grupo de consumidores segmentando novos dados demográficos e ampliando a funcionalidade.

Pense em cada fator e no que isso significa para o seu negócio. Ao mesmo tempo, observe que alguns desses fatores são mutuamente inclusivos. Assim, seus esforços em uma área específica beneficiarão um fator diferente.

Conheça o seu público-alvo

Ponha uma coisa em ordem – apenas os consumidores envolvidos compartilharão. Assim, elabore sua estratégia viral somente depois de ter garantido sua capacidade de ativar e atrair usuários cuidadosamente. Dê aos clientes tempo suficiente para se preparar para o seu serviço e, em seguida, incentive-os a convidar amigos e familiares.

Mas para chegar a esse ponto, garanta ao seu usuário que seu produto oferece valor. Destaque as vantagens do seu produto não apenas para o anunciante, mas também para os convidados. No entanto, não complique a proposta de valor; caso contrário, você pode, sem saber, estragar a conversão.

Prepare-se para esperar meses, até anos, para que seus clientes pagos criem “outros” clientes pagos. Mas as recompensas valem a pena esperar, e você poderá ver os usuários virais da quarta ou até da quinta geração ao longo do tempo.

O maior motivador que os usuários têm para compartilhar seu produto é a satisfação em saber que ele ajudou a pessoa a quem ele se referiu. No entanto, acelere o processo e melhore suas chances, identificando o que os usuários querem além da satisfação. Pense em prêmios em dinheiro, novos recursos, mais planos de assinatura, créditos gratuitos, cartões-presente e contas VIP. Além disso, identifique a quem seus clientes recomendarão o produto.

Use esta informação para criar o seu fluxo de usuário – da motivação para desencadear a ação e, finalmente, recompensa. Combine a motivação correta com a melhor recompensa pelo sucesso. Promova o compartilhamento desenvolvendo gatilhos específicos no fluxo do usuário.

Volte para os ecossistemas usados ​​pelo seu público

Tente fazer seus gatilhos o mais fácil possível, ganhando acesso fácil aos contatos do seu público. Não importa o quão bom é o relacionamento comercial com um usuário, ele não deixará seu aplicativo e nem vai enviar e-mails manuais para amigos e conhecidos.

Integre-se com outros ecossistemas para aumentar suas chances de crescimento viral. Eles estão cheios de novos leads e você pode procurar ajuda de redes sociais e outras APIs, aplicativos de telefone e sistemas de e-mail para chegar à próxima etapa.

Mantenha o processo de compartilhamento sentindo-se fácil e natural

Mantenha seu objetivo de desenvolver um produto que se espalha facilmente entre o seu público-alvo. Veja os exemplos do Rapportive e do Yesware . Considerando o valor, os usuários se referem uns aos outros sem a necessidade de recursos adicionais de compartilhamento. A maior parte acontece por meio do boca a boca, uma vez que eles são combinados com o Gmail. Escrever e-mails incentivando as pessoas a experimentar o produto leva segundos. A melhor parte é que tudo é muito fácil e natural. Desnecessariamente complicar as coisas com recursos extras de compartilhamento não será muito útil quando o e-mail já contiver um gancho forte.

Veja como o programa de referência do Dropbox oferece um rápido envio de e-mail.

Além disso, observe a falta de botões de compartilhamento. Isso porque o compartilhamento é um processo que ocorre naturalmente quando você exibe seus documentos para outras pessoas. Use a integração do Google e do Facebook para eliminar a necessidade de conhecer o endereço de e-mail de possíveis colaboradores. Procure uma lista suspensa de contatos sempre que você começar a digitar, selecione o correto e compartilhe o documento instantaneamente.

Faça sua presença ser sentida nas redes atuais

Nunca force os consumidores a compartilharem suas atividades por e-mail ou mídia social. Espere que eles façam isso sozinhos. Basta sugerir quando o momento certo para compartilhar o fluxo do usuário. Além disso, garanta que esses compartilhamentos estejam alinhados com as motivações do usuário. Por exemplo, o Spotify usou o recurso OpenGraph do Facebook para inundar tickers e newsfeeds com várias notícias e atividades musicais.

A estratégia funcionou, mas principalmente porque a maioria dos usuários não tem problemas em compartilhar a música que eles ouvem. No entanto, evite compartilhar atividades privadas. Os compartilhamentos passivos podem passar despercebidos, por isso é melhor confiar em uma combinação de compartilhamento ativo e passivo.

Promova seu produto por meio de referência

Às vezes, compartilhar atividades e conteúdo não é suficiente. Comece a experimentar programas de referência. Concentre-se na qualidade das ações em vez da quantidade. No entanto, evite convites de spam e transmita a mensagem para os amigos que se encaixam no perfil do consumidor-alvo. Ofereça benefícios a ambas as partes para mantê-las envolvidas durante o processo de convite.

Por exemplo, algumas empresas oferecem dinheiro de volta ou cupons para cada amigo convidado. E eles são um grande impulsionador de crescimento para os negócios, já que lucram com o amor do consumidor por itens gratuitos e atraem o tipo certo de publicidade. Mantenha o controle da situação, não distribuindo dinheiro livre e usando sistemas de referência integrados.

Use referências para alcançar e ativar novos usuários em uma empresa. Depois de confirmar o endereço de e-mail corporativo, convide colegas de trabalho com o mesmo domínio de e-mail.

Formar loops virais de referência

Incentive os usuários a se referirem a outras pessoas fornecendo recompensas para todos os novos clientes que se inscreverem na sua empresa por meio de uma referência. Implemente um loop de referência que incentive novos hosts e convidados a investigar o produto ou serviço. Solicite aos anfitriões e convidados atuais que consultem seus amigos. Forneça recompensas quando o amigo referido concluir sua primeira compra com sucesso.

Este método é um ganha-ganha para o seu negócio, bem como para os usuários. Ele incentiva os consumidores a encaminharem mais pessoas para o seu negócio, e você cumpre a sua parte no trato somente quando um usuário referido se torna um cliente pagante.

Alavancar as tendências do mercado

Uma pesquisa da Gartner descobriu que 71% dos líderes de negócios entendem a relação entre o sucesso nos negócios e os principais indicadores de desempenho (KPIs). Tome tempo suficiente para medir a eficácia de suas técnicas de marketing viral. Observe se o seu site registra aumento de atividade ou se você recebe mais leads de entrada. Além disso, observe quaisquer mudanças na atenção da mídia social.

Identifique e meça o desempenho do crescimento viral para tomar melhores decisões de negócios. Ao mesmo tempo, elimine qualquer adivinhação do seu marketing viral para melhorar a comunicação, expectativas mais claras e melhor execução. Certifique-se de que você está em uma posição favorável para reagir às tendências do mercado.

Observações conclusivas

O growth viral vem com inúmeros benefícios, principalmente a conscientização de marca do seu negócio e a geração de campanhas, traduzindo-se em mais vendas. Mas também há riscos. Certifique-se de testar, crescer e calcular quais técnicas funcionam melhor para o seu negócio, especialmente considerando a sua indústria vertical. Escolha os recursos e estratégias corretos para melhorar suas chances de sucesso viral.

Growth Hacker e Marketing por você ;0) #growthhacker

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.