fbpx
São Paulo, SP Rua Santa Isabel 72
11-984595896
neto@netoangel.com

Como fazer um plano mestre de marketing de conteúdo para 2019

Consultoria e Especialista em Growth Hacking. Com soluções e Big Growth em resultados para Startups, PME e Empresas.

Como fazer um plano mestre de marketing de conteúdo para 2019

Growth-se ;0)

Em 1996, Bill Gates surpreendeu o mundo inteiro com sua opinião sobre quais indústrias online florescerão no futuro e por quê.

Ele previu que as empresas que fornecem uma riqueza de informações e entretenimento ganharão força.

Em 2019, onde o conteúdo está dominando os mecanismos de busca, as mídias sociais e os negócios on-line, a profecia de Bill Gates se mostrou 100% verdadeira.

“Então que o conteúdo é rei, todo mundo sabe que. E todas as empresas on-line produzem conteúdo para reconhecimento da marca, aquisição de clientes e liderança de pensamento.”

Certo isso?

Diga-me, então, por que as empresas on-line ainda estão lutando para atrair a atenção dos usuários, se eles são produtores consistentes de conteúdo?

Dir-te-ei porquê…

Digamos que o usuário tenha procurado uma “nova receita de frango”. O Google o bombardeou com trezentos e trinta e nove milhões de resultados em 0,54 segundos. Agora, se o seu conteúdo for relevante apenas para “receitas de frango”, como você se destacará em 900 milhões de resultados. E se o seu conteúdo for sobre “receitas de frango grelhado” ou “receitas de frango com toque chic”, ele terá mais chances de reivindicar os resultados da primeira página do Google e obter atração instantânea dos usuários também.

Obviamente, quase todas as empresas on-line estão participando da corrida de conteúdo. Os autores publicam mais de 2 milhões de postagens no blog diariamente. E isso não vai parar. Pelo contrário, o tamanho do conteúdo aumentará de diferentes formas, incluindo blogs, vídeos, imagens, podcasts etc.

Para vencer a corrida, as marcas criam conteúdo específico para o público-alvo que abre caminho para a marca, o reconhecimento e a conversão. A estratégia é conhecida popularmente como marketing de conteúdo. Ajuda as marcas a criar o conteúdo certo para o público certo.

Com mais de 500 milhões de blogs existentes no mundo da web (e ainda crescendo), apenas alguns abriram caminho para que os usuários se importassem como uma marca. Não apenas por causa do conteúdo, mas por causa do marketing de conteúdo.

Um Resumo sobre Marketing de Conteúdo

O Marketing de conteúdo é um método estratégico de criar e fornecer conteúdo altamente valioso e relevante para um público específico, o que leva ao reconhecimento e à conversão da marca.

  • O Marketing de conteúdo crescerá além de 16% até 2021 ( Technavio )
  • 89% dos profissionais de marketing B2B consideram o marketing de conteúdo uma parte crucial de suas estratégias ( CMI )

“O marketing de conteúdo é o único marketing que resta”

Seth Godin

O Marketing de Conteúdo, por si só, é uma ferramenta de geração de leads, mas apenas quando você sabe como usá-lo de acordo com as demandas e tendências dos usuários.

Talvez você já tenha implementado o marketing de conteúdo para dar ao seu conteúdo uma direção certa. Mas você não estaria aqui se estivesse gerando os resultados de marketing desejados.

Por meio deste guia passo a passo sobre a criação de um plano mestre de marketing de conteúdo, você aprenderá a maneira correta de implementar o marketing de conteúdo misturado com o conteúdo personalizado sob demanda dos usuários

“Se você falha em planejar, você planeja falhar”

Benjamin Franklin

Como eu disse anteriormente, a principal razão pela qual as empresas falham no marketing de conteúdo é que elas produzem conteúdo aleatório que limita seu alcance a usuários aleatórios. Uma estratégia de marketing de conteúdo interrompe sua criação aleatória de conteúdo e fornece um mapa de conteúdo adequado para que você caminhe de forma consistente. Ele ajuda a criar o conteúdo certo para o público certo, no momento certo, com a plataforma certa.

Quer saber como?

Vamos discutir isso em detalhes:

Etapa 1. Primeiro crie uma persona do comprador

Uma personalidade de comprador está criando uma representação fictícia de seu público-alvo com base em pesquisas e dados reais de clientes existentes.

A compreensão da persona do comprador é o seu guia durante toda a jornada de criação de conteúdo. Ele informa qual conteúdo criar para os clientes ideais. Isso, por sua vez, permite criar uma estratégia eficaz de criação de conteúdo.

Então, como você construirá uma persona?

Coletar e analisar dados demográficos, metas, motivação para comprar produtos, padrões de comportamento, setor, interesse, idade etc. ajuda a criar uma imagem perfeita de seus clientes em potencial.

Etapa 2. Descreva o processo de compra

Depois de conhecer seus clientes, dê outro passo e visualize o processo de compra.

Os compradores geralmente passam por três etapas antes de comprar os produtos ou serviços:

  1. Primeiro, eles não sabem nada sobre seus produtos ou serviços;
  2. Segundo, eles procuram seus produtos ou serviços;
  3. Terceiro, eles estão prontos para comprar produtos ou serviços.

Você precisa criar conteúdo para cada estágio, à medida que os usuários passam por diferentes estágios.

Vamos dar um exemplo de produtos de beleza e como criar conteúdo de acordo com o processo de compra em três etapas.

No primeiro estágio, você cria conteúdo de conscientização para plantar as sementes na mente dos usuários. Para dizer a eles que eles têm um problema e você tem uma solução. Por exemplo, solução durante a noite para se livrar de espinhas.

No segundo estágio, você cria conteúdo competitivo, informando aos usuários por que você é o mais adequado para resolver os problemas deles. Anexe uma frase de chamariz junto com seu conteúdo para oferecer aos usuários acesso fácil. Por exemplo, como os ingredientes dos produtos de beleza são eficazes para espinhas teimosas. Além disso, onde aproveitar o produto (apelo à ação).

Por fim, o conteúdo da promoção dá um impulso rápido à mente já preparada para a compra dos usuários. Descontos, lista rápida de benefícios, análises de clientes etc. são os mais adequados aqui.

Planeje seu processo de criação de conteúdo de acordo com a personalidade e o processo de compra do comprador.

Etapa 3. Anote as palavras-chave

Como você garantirá que seu conteúdo chegue ao público-alvo? As palavras-chave desempenham um papel importante aqui. A inserção de palavras-chave garante que seu conteúdo seja exibido sempre que os usuários colocarem palavras relevantes na pesquisa do Google.

Vamos dar um exemplo de beleza ainda mais.

Uma pessoa propensa a espinhas digitará “como se livrar das espinhas da noite para o dia”. Estas e várias outras são as suas palavras-chave como desaparecer espinhas durante a noite, solução caseira para espinhas, livrar-se de espinhas em casa, etc.

O planejador de palavras-chave do Google ajuda a descobrir palavras-chave relevantes para a marca. Ou você pode digitar manualmente o Google para observar as palavras-chave predominantes.

Copie as palavras-chave dos seus concorrentes também.

Salve todos eles na planilha do Google, pois você precisará usá-los com o processo de criação de conteúdo.

Etapa 4. Crie um calendário editorial de conteúdo

Até agora, você já sabe quem são seus usuários, que conteúdo criar de acordo com o processo de compra e quais palavras-chave devem ser focadas. É hora de criar um calendário editorial para manter o foco estratégico no que criar, quando criar, quando publicar e onde publicar. Isso evita que você caia em uma arena aleatória onde as empresas criam conteúdo a qualquer momento e publicam em qualquer lugar. Além disso, ajuda a criar conteúdo de forma consistente.

Softwares como o Trello e o Planilhas Google são ferramentas eficazes para criar o Calendário Editorial. Lembre-se de esclarecer qual conteúdo criar, quem o criará, prazo e onde enviar.

Dica: coloque alguém encarregado para cuidar de todo o processo.

Etapa 5. Siga uma estratégia de distribuição de conteúdo

Não pense que seu conteúdo se limita apenas a sites e blogs. Isso foi há muito tempo. Agora, o conteúdo é muito mais do que apenas blog e site. O conteúdo é o mundo dos blogs, vídeos, podcasts, imagens e só Deus sabe o quê. E as plataformas de distribuição de conteúdo abrigam plataformas de mídia social, YouTube, iTunes Podcast e onde quer que seu público esteja. Adicione link building e marketing de influenciadores, além de obter um alcance mais amplo.

Você precisa ser onipresente para espalhar sua marca como boca a boca. Para isso, você precisa de uma estratégia de distribuição de conteúdo em que ativa (ou quebra) um artigo de formato longo em outras formas de conteúdo. E promovê-los em diferentes canais sociais.

É a estratégia popular de Gary Vee.

Curata, uma plataforma de curadoria e marketing de conteúdo, explica bem com uma pirâmide de marketing de conteúdo: Curata

Mais uma vez, pegue a ajuda do seu calendário editorial de conteúdo – atribua tarefas com prazos.

Bingo!

Você deve trabalhar muito com essa estratégia de conteúdo. Sem mais desperdícios, sem conteúdo aleatório. De fato, você está pronto para transformar sua empresa em uma marca.

Mas como você saberá onde chegou? Obviamente, você precisa de resultados para seguir em frente e adotar estratégias flexíveis conforme a necessidade do momento.

Analisar os resultados finais vai ajudar aqui.

Etapa 6. Avalie seu progresso

Contar gostos, compartilhamentos e comentários são importantes, mas não são atributos suficientes para medir seu progresso. Conversão é o que você deseja, além de saber quanto sua marca está em efeito. Aqui, você precisa da ajuda de ferramentas para fornecer informações detalhadas sobre onde está sua marca e para onde você precisa ir.

Deixe-me dar três ferramentas para saber tudo.

  • Google Analytics: mede o desempenho, o envolvimento do conteúdo e identifica as fontes de onde o tráfego vem.
  • Ahrefs: É conhecida como ferramenta geral de pacote SEO, fornecendo informações sobre tudo, desde palavras-chave a sugestões de conteúdo e backlinks.
  • Menção: Ajuda a rastrear menções de marcas usando as quais você pode estar disponível para usuários em qualquer canto do mundo.

Hora de se adaptar

Em suma, gere conteúdo direcionado influenciado pela persona do comprador e pelo processo de compra. Aprimore sua estratégia de marketing de conteúdo com medidas. Colete e siga o que funciona enquanto joga fora o que não funciona. Mantenha suas estratégias atualizadas com as tendências e livre-se de estratégias desatualizadas o mais rápido possível.

Growth Hacker e Marketing por você ;0) #growthhacker

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Animated Social Media Icons by Acurax Responsive Web Designing Company
Visit Us On FacebookVisit Us On TwitterVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram